Search

Inspiração de Look para as Festas de Fim de Ano: Pucci Inspired!

Vestido Look Festas Fim de Ano Blog da Ana

Oi, gente! Tudo bem? Hoje eu trago o 3° e último look para servir de inspiração para as festas de fim de ano. É um look que eu AMOOOO!! É bem colorido e com um quê de Emilio Pucci! Vamos a ele então:

Look Festas fim de Ano Blog da Ana

APAIXONEI por este vestido deste o primeiro instante em que bati o olho nele! Lembram do Bazar Brechó que eu insisti para que vocês fossem? Pois é, foi lá que eu arremetei esta lindeza!

E por que eu amei?

Porque é um vestido que vai me atender em vários eventos, a começar pelas festas de fim de ano. Você pode optar por um vestido mais colorido, alegre para a festa do amigo oculto, para uma colação de grau, para a festa da empresa ou para a noite de Natal. Para o almoço de Natal, só se você estiver em ambiente com refrigeração ou no exterior. O tecido das mangas é bem fino (dá até para ver a pele) mas para usá-lo durante um dia quente, como é nesta época do ano aqui no Brasil, só com ar condicionado, né?!

vestido midi Pucci Inspired Blog da Ana
Quem me vê assim nessa seriedade toda até pensa…he..he..

Eu o chamo de “Pucci Inspired”. O estilo da estampa lembra muito as estampas de Emilio Pucci. São estampas bem chamativas, psicodélicas e marcantes! Eu adoro!! São inconfundíveis: cores fortes, desenhos geométricos e formas abstratas.

Ana, e quem é Emilio Pucci?

Emilio Pucci foi um estilista e político italiano, nascido em Florença, em 1914. Era de família nobre e aos 17 anos fez parte da equipe italiana nos Jogos Olímpicos de Inverno de 1932. Ele era um desportista e praticava natação, esqui e tênis. Estudou na Universidade de Milão, formando-se em Ciências Políticas em 1937. Foi Mestre e Doutor em Ciências Políticas. Ele estudou no Reed College, em Oregon, Estados Unidos e foi lá que ele desenhou as suas primeiras roupas que foram para a equipe de esqui da escola.

Emilio Pucci
Emilio Pucci

A alta costura francesa era quem ditava a moda naquela época. Vale dizer que o que importava era a elegância em detrimento do conforto e do bem estar da mulher. Emilio Pucci revolucionou o mercado da moda porque propunha justamente o contrário: ele fazia roupas que valorizavam o corpo da mulher, colocando em primeiro lugar o conforto e a leveza.

Ele mudou a forma como que se fazia moda na época e ainda, criou  vários tecidos como, por exemplo, o jérsei de seda e o patenteou como Emilioform, em 1960. O tecido é super confortável, composto por 45% de xantungue e 55% de náilon.  Pucci utilizou-o em novos conjuntos para esqui que aderiam ao corpo como segunda pele. O modelo foi batizado de Cápsula, em homenagens às pesquisas da NASA. O sucesso foi inevitável e Pucci então criou uma casa de alta costura no balneário de moda Canzone del Mare, na ilha de Capri.

Emilio Pucci faleceu em 1992 e desde então sua filha, Laudomia Pucci, passou a cuidar dos negócios da família e a perpetuar o estilo Pucci, sinônimo de estampas geométricas em um caleidoscópio de cores. Em 2000, o francês Louis Vuitton adquiriu 67% da marca Pucci e Laudomia passou a ser a sua Diretora de Imagens.

Algumas estampas de Pucci para você se familiarizar:

vestidos Pucci

Voltando ao look…

O meu vestido não é um Pucci legítimo (quem me dera! haha..) por isso o apelidei de “inspired” (=inspirado). Lembra bastante um Pucci em razão da estampa e tipo do tecido. Sobre a estampa eu já falei no início. Quanto ao tecido, um Emilio Pucci é geralmente confeccionado em tecidos leves, como a seda. O meu é feito com uma malha bem confortável. Tem um detalhe drapeado (vocês sabem que eu AMO um drapê, né?!) na lateral esquerda que lhe dá um caimento incrível! O drapê é fruto de uma argola coberta com o próprio tecido, veja no detalhe:

detalhe argola vestido Pucci inspired Blog da Ana

As mangas são na mesma estampa porém em tecido bem fino, com uma leve transparência. Os punhos são em malha preta lisa e justos, dando o efeito bufante na manga comprida.

manga bufante vestido Pucci inspired Blog da Ana

Escolhi uma clutch preta para acompanhar o look. O vestido já é colorido demais então a melhor opção é uma bolsa bem discreta. As miçangas e os canutilhos dão o toque de festa a ela.

bolsa clutch festas fim de ano Blog da Ana

Usei os brincos também em tom neutro. Para seguir a linha festa, optei por um modelo em gota cravejado com pedras de strass.

brincos festas fim de ano

A sandália é a mesma dos dois looks anteriores: a nude, para não “brigar” com o meu “Inspired” e, de quebra, me alongar!

sandália tiras nude festas fim de ano blog da ana

A clutch é da Lojas Renner, Brincos Mãos do Mundo e sandália Equipage.

Usei o cabelo sem babyliss para dar um contraste minimalista com a exuberância do vestido. Achei que ficaria “demais” fazer os cachos que eu tanto gosto. Só parti no meio e coloquei atrás da orelha.

Bom, e este então foi o 3° e último look de inspiração para as festas de fim de ano. Eu espero muito que você tenha gostado! Qual dos três você mais gostou? Conta pra mim!

Beijos e até a próxima!

Obs: Apenas a título de esclarecimento, os sites que eu indico aqui no Blog, ou eu já comprei neles, ou eu compraria com certeza! Só indico o que eu quero/queria para mim. Até achei mais produtos similares em outros sites mas não coloquei aqui porque eu mesma não compraria neles.

você também vai gostar...

2 respostas

  1. Ana, adorei essa roupa !!!!
    Gosto de look coloridos também.
    Na verdade todo o look.
    Sua maquiagem ficou perfeita e adorei seu cabelo também.
    Acho que você usa pouco ele assim né Ana .
    Ficou ótimo viu.

    1. haha.. sim.. usei poucas vezes ele assim! Eu gosto mais dele cacheado, cheio de ondas, com muito volume! haha!
      Mas fico satisfeita que tenha gostado! Muito obrigada pelos elogios!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.